sábado, 29 de fevereiro de 2020

POLÍCIA

Vídeo mostra momento em que homem atira contra ex-esposa e filha em hospital de Jaru, RO

17/01/20 10:52

Imagens da câmeras de segurança também mostram ação da polícia. “A única coisa que eu pensei na hora foi ‘eu não posso deixar essa mulher e essa criança morrerem”’, disse um dos PMs que atenderam a ocorrência.

Imagens do circuito interno de monitoramento do Hospital Municipal de Jaru (RO), na Região do Vale do Jamari, mostram o momento em que policiais militares chegam na unidade onde um homem de 28 anos mantinha a ex-mulher e a filha reféns. Veja o vídeo acima. O caso aconteceu na noite da última quarta-feira (15), e as imagens foram divulgadas nesta sexta-feira (17).

O suspeito, que não aceita o fim do casamento, chegou a atirar contra as vítimas na recepção do hospital, mas a bala não acertou a criança e a mulher, de 26 anos.

Segundo a Polícia Militar (PM), em 25 dezembro de 2019 a mulher pediu o divórcio. E na noite de quarta-feira, solicitou que o homem levasse ao hospital as coisas da filha que tinham ficado na casa dele.

Ao chegar no local o homem agiu naturalmente e pediu que a ex-companheira o acompanhasse ao estacionamento, pois os objetos da criança estariam dentro do carro. Quando chegou no veículo, de acordo com a polícia, o suspeito mostrou o revólver e ameaçou a ex.

“Ele disse: ‘você vai comigo, se não eu vou matar todos da sua família aqui’. Eu implorei pra ir lá dentro do hospital pegar minhas coisas e, de tanto implorar, ele deixou e disse que se eu ligasse pra polícia ele já tinha pagado alguém pra terminar o serviço, se acaso ele falhasse”, disse a vítima à PM.

Quando entrou novamente no hospital, a ex-mulher do suspeito pediu ajuda e uma testemunha saiu disfarçadamente da unidade para chamar a polícia.

Com a chegada dos agentes o homem foi para perto da mulher e da criança e sacou a arma da cintura. Ele apontou o revólver na altura da cabeça das vítima e chegou a atirar, mas a bala desviou.

Vídeo mostra ação dos PMs após homem invadir hospital e fazer ex-mulher refém em Jaru, RO

Vídeo mostra ação dos PMs após homem invadir hospital e fazer ex-mulher refém em Jaru, RO

“Quando chegamos para atender a ocorrência o homem estava com a arma escondida, por isso chegamos perto dele tranquilamente e o chamamos para conversar fora do hospital. Mas ele não falou nada e foi pra cima das vítimas. A única coisa que eu pensei na hora foi ‘eu não posso deixar essa mulher e essa criança morrerem’, então fui pra cima da arma e segurei o braço dele”, conta o PM Thiago Andrade que aparece no vídeo junto com o cabo Jaime Alves.

Enquanto o suspeito e o policial estavam em luta corporal a vítima conseguiu fugir. Então os agentes balearam o homem, que caiu no chão.

Depois disso, a equipe médica do hospital foi chamada para socorrer o suspeito.

O homem precisou ser internado devido os ferimentos. Na manhã desta sexta-feira (17), o Hospital Municipal de Jaru informou que ele foi encaminhado à Unidade de terapia intensiva (UTI) de um hospital de Cacoal.

Ainda conforme o boletim de ocorrência, além da arma que o suspeito usava, os policiais encontraram um facão dentro do veículo estacionado no pátio do hospital.

“Eu tenho quatro anos de PM e nunca tinha atendido uma ocorrência assim. O sentimento foi de dever cumprido porque no nosso juramento a gente prometeu defender a sociedade mesmo que coloque nossa vida em risco”, disse o PM Andrade.

Fonte

Por Rinaldo Moreira e Ana Kézia Gomes, G1 RO



Categorias: POLÍCIA


DEIXE SEU COMENTÁRIO
Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site CORREIO DE NOTÍCIAS DE RONDÔNIA. Todos os mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

avatar
×

Olá! Em que posso ajudar?

× Como posso ajudar?