Sesau-RO contratar novos Médicos recém-formados na Unir para reforçar o combate ao Covid-19

Segundo informação do secretário, também foi atualizado os números referentes a doença no estado. Rondônia registou mais uma morte pela Covid-19.

Mais de 15 profissionais recém formados na Universidade de Rondônia foram chamados nesta sexta-feira (15). A informação foi dada pela secretaria de saúde (Sesau). Os novos profissionais atuarão na linha de frente para combater o novo coronavírus.

Segundo o secretário Fernando Máximo, o Centro de Medicina de Doenças Tropicais (Cemetron) tem duas Unidades de Terapia Intensa (UTI), no entanto, uma delas não está funcionando por falta de profissionais da saúde.

” Uma UTI está lotada e outra estamos com dificuldade de colocar profissionais médicos para atender. Já mostramos nosso interesse na formação de médicos. A Unir atendeu e o Cremero também foi parceiro e liberou o CRM aos recém-formados. Desde ontem esses médicos estão com CRM e já começamos a contratar. De 40 formados na Unir, cerca de 20 já foram contratados”, disse o secretário.

De acordo com a Sesau, os médicos recém-formados de faculdades particulares também já pegaram o CRM e estão frente de batalha a pandemia, em Porto Velho.

Nesta sexta-feira, Fernando Máximo também atualizou os números referentes a doença no estado. Seguem assim:

  1. 668 curados
  2. 1686 confirmado
  3. 188 internados (128 confirmado com a doença)
  4. 7187 testes feitos em rondonienses
  5. 57 óbitos

Rondônia registou mais uma morte pela Covid-19. A vítima é um idoso de 83 anos, com doença pulmonar obstrutiva crônica.

Sobre a taxa de mortalidade no estado o secretário destaca que “em Rondônia está em torno de 3.3%. “É uma das menores taxas do Brasil, que está em 6,9%. Menos da metade da média”, afirmou.

FONTE: G1/RO

Deixe uma resposta

×

Olá! Em que posso ajudar?

× Como posso ajudar?
%d blogueiros gostam disto: