Presidente Laerte propõe título de Cidadão Honorífico de Rondônia ao desembargador Renato Martins Mimessi

Parlamentar destaca trajetória do magistrado no Poder Judiciário rondoniense

Como forma de reconhecimento pelos relevantes trabalhos prestados ao estado e, em especial, ao Tribunal de Justiça (TJ-RO), o presidente da Assembleia Legislativa, Laerte Gomes (PSDB) propôs a concessão do título de Cidadão Honorífico de Rondônia ao desembargador Renato Martins Mimessi.

O homenageado, de acordo com o Projeto de Decreto Legislativo de autoria do parlamentar, é dono de uma trajetória no judiciário rondoniense digna da honraria proposta. Renato Mimessi nasceu em junho de 1956, na cidade de Assis (SP).

Formou-se em Direito em 1978, pela Faculdade de Direito do Município de Marília, mantida pela Fundação de Ensino Eurípedes Soares da Rocha. Ele foi aprovado no 5º Concurso Público, para o ingresso na carreira da Magistratura do Estado de Rondônia e nomeado Juiz de Direito da 4ª Seção Judiciária com sede na comarca de Cacoal, 2ª Entrância, permanecendo de 1982 a 1983.

 A partir de 1983, assumiu como juiz de Direito da 3ª Vara Civil da Comarca de Porto Velho até o ano de 1991, quando passou a juiz da Vara da Fazenda Pública, Falências e Concordatas até 1992, ano em que se tornou desembargador do Tribunal de Justiça de Rondônia. No biênio de 1994 a 1995 foi vice-presidente do TJ.

Já no biênio de 1996 a 1997 foi nomeado presidente do órgão de Justiça, mesmo período em que foi vice-presidente do Colégio de Presidentes dos Tribunais Regionais Eleitorais do Brasil. Nos anos 2000 e 2001, novamente ocupou o cargo de presidente do TJ.

“Por toda sua dedicação aos interesses e causas do nosso Judiciário, consideramos essa homenagem mais do que justa. É o nosso reconhecimento pelo destaque do desembargador Mimessi em Rondônia”, justificou o presidente Laerte Gomes.

×

Olá! Em que posso ajudar?

× Como posso ajudar?
%d blogueiros gostam disto: