sexta, 21 de fevereiro de 2020

GERAL

Moradores prometem reconstruir rede de esgoto com as próprias mãos

14/02/20 14:32

Porto Velho, RO – O bairro Embratel e de outros pontos críticos da cidade em direção ao Terminal Rodoviário de Porto Velho, estão com várias ruas submersas na sujeira. De acordo com moradores, o problema de vazamentos e retorno de esgoto tem endereço certo: Ruas Herbeth de Azevedo e a Miguel Chakian próximo a Av Jorge Teixeira. Segundo eles, ‘o caos no sistema de drenagem de áreas de grande movimentação nos levou a colocarmos a mão na massa para tentar, ao menos, amenizarmos o quadro nos dias de chuvas fortes’.

O canal que corta a cidade é uma espécie de coletor de rede de esgoto e águas pluviais (águas de chuva), no entanto, o descarte inadequado do lixo por parte dos moradores vem causam o entupimento de bueiros. Além disso, provoca a redução da vazão das galerias de águas pluviais. Porém, para minimizar a situação, os moradores estão dispostos a colocar a mão na massa para tentar desentupir os bueiros, já que a Prefeitura não aparece para realizar o serviço. Mas, para essas ações surtirem efeito, é fundamental a colaboração da população – disse um comerciante que prefere não se identificar.

Um dos locais mais problemáticos, nessa parte da cidade, conforme a Reportagem é na rua Miguel Chaklian e Herbert de Azevedo, nas imediações onde até outro dia, funcionou o antigo prédio do Juizado Cíveis e Criminal, do Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia (TJ-RO), na Avenida Jorge Teixeira.

Fotos: www.correiodenoticia.com.br

Ao fundo do antigo prédio do JECRIM – já desativado – há vários córregos que cortam ruas e passeios públicos, fazendo com que águas das chuvas e dejetos domésticos deságuem no córrego entre vários outros que, igualmente, concentram lixo e entulhos, a partir do Canal dos Tanques e um que passa nos fundos do Terminal Rodoviário Municipal.

Diante da crítica situação enfrentada pelos moradores e empresário da região, segundo moradores ouvidos pela reportagem. Segundo eles, por sua conta e risco, ‘só estão aguardando as equipes da SEMISB e SEMOB irem ao local para ouvirem a população e dessa forma, ajudarmos a construir uma nova rede de esgoto na região’.

A reportagem de o CORREIO DE NOTÍCIA esteve no local e constatou que, ‘as vias no entrono do antigo prédio do Juizado Especial Cível e Criminal que funcionava na Avenida Jorge Teixeira, esquina com a Rua Quintino Bocaiúva, no Bairro Embratel, estão com as galerias completamente obstruídas há muito tempo’.

– Por conta da intensidade do “inverno amazônico”, período de maior intensidade de chuvas na região, os moradores devem enfrentar mais problemas, por conta das chuvas invadirem as residências, além de lançar lama e lixo nas calçadas, denunciaram alguns moradores que moram ao lado do prédio de uma empresa localizada na Rua Herbert de Azevedo com a Miguel Chakian.

Um comerciante que tem uma loja de Design na região e que não quis revelar a identidade, afirmou que, “tem uma loja a 200 metros da Avenida Jorge Teixeira com a Herbert de Azevedo, posso fornecer à Prefeitura as manilhas para reconstruir a galeria entre minha rua e a Miguel Chaklian”, disse.

Na ocasião, ele lembrou que, a intenção dos moradores é possível, do ponto de vista legal, a celebração de uma parceria pública privada com o município para que, ao menos a galeria entre as Ruas Herbeth de Azevedo e a Miguel Chakian, seja desobstruída antes das próximas chuvas’.

Fotos: www.correiodenoticia.com.br

 

Fonte

Por Xico Nery



Categorias: GERAL


DEIXE SEU COMENTÁRIO
Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site CORREIO DE NOTÍCIAS DE RONDÔNIA. Todos os mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

avatar
×

Olá! Em que posso ajudar?

× Como posso ajudar?