segunda, 27 de janeiro de 2020

POLÍTICA

Erros de adversários e ajuda de Lindomar Garçon, Lucivaldo leva mandato até 2020

08/07/19 18:27

Candeias do Jamari, RO – Erros da esquerda e de parte da direita ‘festiva’, segundo o consultor Lemes Soares, 47, impulsionaram a candidatura do prefeito eleito Lucivaldo Fabrício do Democrata Cristão (DC), no pleito suplementar sete domingo 7.

Com votação expressiva em cima do segundo colocado, Valteir Queiroz, cujo vice na sua chapa, foi o fazendeiro ‘Tonin do PT’, o prefeito vai permanecer no cargo até 2020, o quarto mandatário em menos de 2,5 anos após a cassação de Luís Ikenohuci (DEM), o ex-vice de Chico Pernambuco, assassinado em março de 2018.

Outro aspecto positivo que teria, na ultima hora, contribuído para ascensão de Lucivaldo, segundo o analista, ‘deveu-se a entrada do ex-deputado federal Lindomar Garçon no processo articulatório’. O ex-parlamentar mobilizou nomes fortes, porém, sem o protagonismo de suas legendas, entre os quais o grupo dos irmãos Raimundo e De Assis, do Partido Comunista do Brasil’.

Foi dele, também, a oxigenação que combinou antigos adversários que no passado ostentaram uma série de erros do PT, PCdoB, PSB, PSDB, PMN e PSTU que teriam tentado queimar a imagem do ex-parlamentar e que agora, ‘ao que parece, apostaram tudo na vitória do aliado de Garçon’, atestou Lemes Soares.

A uma semana do pleito, aliados de Lucivaldo e Lindomar Garçon, de acordo ainda com os números oferecidos pelo Consultor em foco, já reconheciam o potencial próprio para derrotar os adversários, do porte de Valteir Queiroz (PMN, 3.924 votos) e do ex-deputado Ribamar Araújo (PR), com o terceiro lugar com  2.663 e a inexpressiva votação de Paulo Cadilack com apenas 38.

Para o analista – que esteve percorrendo com a Reportagem o distrito de Triunfo, Vila Nova Samuel, vilarejos de Colina, São Pedro, Pamus I e II, além da periferia da cidade de Candeias, a 20 quilômetros da Capital Porto Velho, ‘os erros dos adversários começaram na pré-campanha, praticamente, apostando na subestimação do potencial de aliados de Lucivaldo Fabrício, entre os quais, Professor Raimundo ex-prefeitos Dinho e Francisco Sobreira’.

A pós Eleição, as poucas palavras ditas ao CORREIO DE NOTÍCIA, o prefeito eleito garantiu, contudo, ‘a ajuda de Garçon, me aproximei de outras lideranças antes dos demais grupos que não nos tínhamos como favoritos ao pleito’. Ele não resistiu aos embates e foi decisivo e nos deu um grande empurrão na reta final’.

Lucivaldo, do mesmo modo, assegurou que, ‘se fizemos grades coisas e obras no mandato tampão, não deixarei sumir nossa garra de fazer muito mais pela população’. E previu que deve melhorar com a busca das emendas de autoria do ex-deputado Garçon para que as ações de governo sejam otimizadas e céleres. Inclusive indo mais vezes a Brasília.

OUTRO LADO – Com cerca de um pouco mais de 400 votos à frente do segundo colocado, o prefeito de Candeias do Jamari, Lucivaldo Fabrício, depois de impor uma derrota fragorosa aos adversários, aos meios de comunicação local e a partidários, diz que conversará com o governador e com membros da bancada federal. Ele pretende ampliar a ajuda estadual e federal ao município – saúde, educação, segurança, transporte escolar, agricultura familiar, saneamento básico e em programas de geração de emprego e renda.

– Dessa forma, o prefeito eleito diz que quer tirar Candeias do Jamari do isolamento social e econômico, afirma o consultor Lemes Soares.

Fonte

Xico Nery |Da Redação/CNR



Categorias: POLÍTICA


DEIXE SEU COMENTÁRIO
Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site CORREIO DE NOTÍCIAS DE RONDÔNIA. Todos os mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

avatar
×

Olá! Em que posso ajudar?

× Como posso ajudar?