terça, 21 de janeiro de 2020

DENUNCIA

Empresa é denunciada por supostas ameaças a cliente

10/12/19 08:29

Porto Velho, RO – Apesar das inúmeras reclamações na Justiça rondoniense, mas sem obterem o resultado esperado, alguns clientes de concessionárias e revendedoras de automóveis ligaram para este site de notícias para denunciar suposta ações consideradas fora do marco legal.

De acordo com as denúncias, empresas prestadoras de serviços, no ramo de compra e vendas de utilitários em ‘suaves prestações’ com intenção de atrair consumidores, parte dessas empresas que atuam no mercado local estão sendo acusadas de infringirem regras de mercado na venda de automóveis financiados através de bancos privados.

Uma das agências que integram o rol das reclamações, fica localizada na Avenida Nações Unidas, bairro Nossa Senhora das Graça. Segundo a cliente, – que preferiu não ter a identidade revelada por medo de represálias – ‘a prestadora passou a usar métodos de cobranças atípicas’. Inclusive por pressão psicológica e ameaças de retomada do veículo.

F.S.S, 57, que é profissional liberal, diz que recebe ameaças 24 horas por dia, através de ligações telefônicas em sua residência e durante as aulas na faculdade, na tentativa de retomar o veículo, mesmo estando apenas com duas prestações em atraso.

Ela disse que nos últimos cinco meses tem enfrentado dificuldades para obter as faturas via e-mail e Whatzapp, contatos oficializados durante a assinatura do contrato. Em algumas situações, desde que adquiri o veículo –, ‘tenho pago as faturas com atraso’. Segundo ela, ‘quase de forma proposital por parte da prestadora’.

Ela afirmou, contudo, que, mesmo em atraso, ‘sempre priorizou o pagamento em dia’. Mas que, ao menos dois meses atrás, ‘tem encontrado dificuldade no recebimento das faturas’. Nesse caso, ‘a minha válvula de escape tem sido o banco indicado pela prestadora onde efetuo o pagamento’, disse.

Segundo ela, por conta de duas faturas em atraso, porém, comunicado à revendedora onde ela adquiriu o veículo (que é usado), contudo tem sido ameaçada constantemente através de telefonemas na calada da noite. Além de receber visitas de pessoas que se dizem seguranças da empresa acompanhados de supostos oficiais.

O veículo adquiro pela cliente, para ser finalizado a quitação do financiamento restam apenas duas prestações, uma delas ainda não enviada pela operadora. Ainda assim, ‘tenho sido ameaçada de reintegração do veículo em qualquer ponto da cidade’, mesmo sem ter sido citada pela Justiça.

Por sua conta e risco, diante de tanta pressão e ameaças por parte da concessionária, registrei um Boletim de Ocorrência Policial a fim de me resguardar quanto às próximas investidas da aludida prestadora, afirmou.

Segundo ela, no contraponto, ‘tive que recorrer a um advogado para ter meus direitos assegurados perante à Justiça’. Ela diz ter adquirido depressão por conta das ameaças e pressões de ter a qualquer hora o seu veículo apreendido pela prestadora sem que seja citada em juízo. Porém, ainda espera pelo envio das supostas faturas em atraso.

 

Fonte

da Redação/CNR | Por Xico Nery



Categorias: DENUNCIA


DEIXE SEU COMENTÁRIO
Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site CORREIO DE NOTÍCIAS DE RONDÔNIA. Todos os mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

avatar
×

Olá! Em que posso ajudar?

× Como posso ajudar?