sábado, 29 de fevereiro de 2020

Um mergulho em Quentin Tarantino

07/01/20 12:15

É inegável o poder de Quentin Tarantino de influenciar uma geração. Filmes como o recente Era uma Vez em Hollywood, que acaba de ganhar os Globos de Ouro de Melhor Filme Musical ou Comédia e Melhor Roteiro, Kill Bill Vol. 1 e Vol. 2, Pulp Fiction e Bastardos Inglórios são alguns marcos para quem ama o cinema e acredita na força dessa arte de marcar comportamentos e formas de pensar.

O documentário “QT8”, de Tara Wood, realiza uma viagem pelos primeiros oito filmes de Tarantino, de 1992 (Cães de Aluguel)  a 2015 (Os Oito Odiados), numa jornada com depoimentos de atores, atrizes e pessoas que trabalharam com ele. É possível assim mergulhar em um universo que valoriza o seu papel como criador de roteiros geralmente surpreendentes.

É acentuada a forma como lida com os atores, construindo uma espécie de família, o que justifica, talvez, o uso geralmente dos mesmos protagonistas, e, principalmente, os diálogos muitas vezes aparentemente sem sentido, mas que funcionam perfeitamente em suas narrativas, já que trazem humor e os mais variados repertórios.

A presença da violência, as acusações de ser racista e de machista, assim como sua relação com o produtor Harvey Weinstein, denunciado por abuso sexual, também são tratados. Mas o cerne do documentário está no processo criativo do cineasta e na forma como consegue fazer rir da violência.

Justamente por exagerá-la, assim como pelas múltiplas influências que acumulou ao longo de sua vida, utilizando-as como matéria-prima para suas criações e para orientar seus atores e atrizes em relação à interpretação que deseja, seus trabalhos conquistaram fãs, tornando-o uma referência importante para o cinema dos últimos trinta anos.

Oscar D’Ambrosio*

  • Por Oscar D’Ambrosio*

*Oscar D’Ambrosio é jornalista pela USP, mestre em Artes Visuais pela Unesp, graduado em Letras (Português e Inglês) e doutor em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e Gerente de Comunicação e Marketing da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.



DEIXE SEU COMENTÁRIO
Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site CORREIO DE NOTÍCIAS DE RONDÔNIA. Todos os mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

avatar
PUBLICIDADE
×

Olá! Em que posso ajudar?

× Como posso ajudar?