sábado, 28 de março de 2020

Irresponsabilidade pode colocar milhares de pessoas em risco

23/03/20 21:31

Por Edilson Neves*

Caros leitores, o mundo tem vivenciado momentos de muita tensão por conta no novo Coronavírus (COVID-19) e no Brasil tem vivenciado a fase de quarentena na tentativa de conter a transmissão da pandemia, para que não venhamos vivenciar um estado de calamidade pública como já ocorreu em outros países. Essa postura é necessário para conter e conter o vírus. Porém, o grande problema é a irresponsabilidade de parte da população que tecnicamente insiste em não cumprir com o decreto governamental, prejudicando o controle da pandemia.

Inimigo comum

– Em meio a pandemia, a estratégia adotada pelas autoridades é de fundamental importância e de fundamental portância. Infelizmente, existe pessoas com atitudes irresponsáveis. Não há razões para que o cidadão não possa atender a quarentena, pelo contrário, o assunto é sério, existe um “inimigo comum” e para combatê-lo é necessário nossa colaboração.

Explosão

Aqui em Rondônia, estamos praticamente no inicio de uma pandemia em ascensão. De acordo com os governantes, estamos esperando dias turbulentos, ou seja, “uma explosão em maça de casos”. Nessa perspectiva, os governantes apostam no isolamento total da população – essa estratégia é necessária para conter o coronavírus.

Confinamento

Acredito que aos poucos, diante de uma situação que foge do controle de que o Brasil e o mundo estavam esperando nesse momento, as pessoas começarão a refletir e se acalmar diante da tragedia. Sabemos que o vírus é letal e perigoso. No entanto, precisamos rever nossos conceito e maneira de viver, é chegada a hora de saber o momento de “parar” e esse é o momento de fazer uma avaliação, é necessário se recolher, fazer uma reflexão, curtir a família, assistir um filme ou ler um bom livro. Isso lhes fará bem, com certeza.

Extinção

Em momento de prevenção ao novo coronavírus, em que as orientações quanto a procedimentos e comportamentos têm sido instauradas na rotina das pessoas, os nosso hábitos também serão adaptados ao novo cenário. Porém, sabemos que os seres humanos são dotados de atitudes boas ou ruins, que podem comprometê-los no seu dia a dia, e na convivência com a sociedade. Nesse sentido, penso que os avanços tecnológicos têm apresentado resultados paradoxais, pois se por um lado, viabiliza a facilidade para a humanidade; por outro lado, tais facilidades têm contribuído com os efeitos nefastos e degradantes de uma sociedade completamente alienada. Além disso, “tem colaborado para a degradação moral que vivemos”

Moral

Vale lembrar que, os últimos acontecimentos mostraram que a “ética a moral” não fazem parte dos valores de grande parte da população, inclusive dos politicos, por conta disso, nosso planeta está sendo alterado em um nível sem precedentes, com impactos fulminantes, além dos efeitos nocivos à saúde humana; entre outros frutos amargos, como essa tragédia do covid 19. Possivelmente, “resultado de uma aceleração rápida, iminente da extinção de espécies consideradas essenciais para a vida humana.

Reflexão

O presente artigo traz uma reflexão sobre os limites inovadores da sociedade, cujos riscos poderiam ser minimizados ou ofuscados pelos políticos, no entanto, em prol do crescimento econômico e/ou obtenção de lucros, permitem a continuidade da destruição desastrosa do meio ambiente, consequentemente da raça humana.

Catástrofe

Como deter uma catástrofe já anunciada? A velocidade e a escalada das transformações são tão intensas que qualquer tentativa de previsão fica marcada pela incerteza. De fato, estamos vivendo uma época radicalmente diferente de tudo que já vivenciamos até hoje.

Futuro

Os desafios são grandes e, para guiá-los neste novo momento, a jornada não vai ser fácil, até porque, o nosso futuro esta na agenda dos políticos de plantão. Contudo, para se preparar para o futuro, temos que olhar o presente. Porém, é importante observar as consequências sistêmicas provocadas pela humanidade.

Característica

Só há um caminho, para evitar uma catástrofe já anunciada. O modelo insustentável de desenvolvimento humano é preocupante e tem causado mudanças ameaçadoras. Todo ser humano ao nascer – homem ou mulher – apresenta diversas circunstâncias características de sua realidade. Entre tais características, homem ou mulher apresentam as seguintes dimensões próprias de seres viventes e tem que ser respeitada. Porém, não somos apenas corpo, sabemos que somos mais que isso. Além de possuímos a condição de não olhar somente para frente, mas também para todos os lados. Conseguimos, ainda, refletir sobre a nossa existência; quando então, percebemos que nele reside outro elemento capaz de sobreviver à própria morte de seu corpo material.

  • *Edilson Neves é Jornalista e Editor do  jornal Correio de Notícias de Rondônia



DEIXE SEU COMENTÁRIO
Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site CORREIO DE NOTÍCIAS DE RONDÔNIA. Todos os mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

avatar
PUBLICIDADE
×

Olá! Em que posso ajudar?

× Como posso ajudar?