sexta, 13 de dezembro de 2019

EL PATO: Maurão de Carvalho foi abandonado pelos emedebistas

22/10/19 15:33

Cativando os mercados Há séculos os povos da floresta maravilham os visitantes e pesquisadores com seu conhecimento da natureza regional…

Cativando os mercados

Há séculos os povos da floresta maravilham os visitantes e pesquisadores com seu conhecimento da natureza regional. No dia a dia, em pesquisas baseadas na fórmula da sabedoria – testar, experimentar, errar mil vezes até acertar –, os cientistas selecionam as melhores soluções. Ensinadas pela gente, a flora e a fauna amazônicas, elas servem para o desenvolvimento econômico e também para boas práticas.

Agora, à doçura e capacidade nutritiva dos frutos vêm se juntar até salgadinhos de frutas. Produtos saborosos criados pelo cruzamento de prolongadas pesquisas entre a Embrapa Amazônia Oriental (PA) e Embrapa Agroindústria de Alimentos (RJ), são como belezas despejadas pela cornucópia mitológica: balas de gelatina de açaí, sucos e salgadinhos em condições de agradar plenamente até aos mais ferrenhos defensores do meio ambiente em todo o mundo.

Sem conservantes, bebidas com misturas de frutas nativas, snacks com farinha de pupunha e mandioca e barrinhas de tapioca e açaí não causarão horror nem repúdio entre os consumidores do planeta. Ao contrário, colherão aplausos de aprovação. Correndo em sua própria raia, a castanha é a cara da sustentabilidade e a rainha das aplicações, com amêndoas hipernutritivas e o óleo usado em alimentos e cosméticos. Sem confusões, os frutos amazônicos abrem e cativam mercados.

A expectativa

A expectativa de Rondônia melhorar a performance no que tange a regularização fundiária cresceu muito depois que o deputado federal Lucio Mosquini (MDB-RO) obteve uma ação conjunta entre as esferas federais e estaduais com o Incra para ampliar a concessão de títulos da terra no estado. Como se sabe, Rondônia tem um déficit de quase 100 mil títulos aguardando a regularização, o que tem gerado disputas com chacinas sangrentas.

Licença prêmio

Com alguns governos estaduais já enviando as suas assembleias legislativas projetos para extinguir as licenças prêmios do funcionalismo é interessante que os servidores rondonienses fiquem atentos e de cabelos em pé desde agora. A propósito, a prefeitura de Porto Velho lançou um programa de aposentadoria justo, pagando todos os direitos e mais R$ 20 mil de lambuja.  Aproveitem, pois a coisa pode não ser assim já nos próximos anos.

Mais golpes

A opinião pública já sabia através de amargas experiências de que as compras pelo OLX são uma fria. Agora são as próprias autoridades policiais prevenindo os compradores de motos que tem ocorrido muitos casos de venda de veículos roubados. Mas não são apenas casos de motos, tem de vendas de produtos surrupiados desde frigobar, portão de ferro até caminhão. Haja pilantras e incautos.

A volta ao poder

O velho MDB sempre dá um jeitinho de voltar ao poder mesmo quando não emplaca os presidentes da república, como ocorreu mais uma vez em 2018. Agora com a crise estabelecida no PSL, o presidente Jair Bolsonaro tenta melhorar o espaço na sua base aliada ampliando o quinhão do MDB de Renan Calheiros, José Sarney, Michel Temer, Jader Barbalho e demais caciques que não conseguem há décadas se desgrudar do poder.

A desmoralização

O sistema prisional de Rondônia está desmoralizado de vez. Num presídio de Ariquemes, inaugurado há apenas dois anos, foram doze fugas nas barbas dos carcereiros. A mais desmoralizante foi a do final de semana, com um túnel escavado a partir do ralo do banheiro: sete presos fugiram, num modus operandi já bem conhecido em Porto Velho com tantos homens-tatus. Imagine que espécie de vigilância existe em nossas penitenciárias…

Via Direta

*** Com o cenário político nacional pegando fogo e com seus três filhos inconsequentes caçando encrencas diariamente é uma temeridade a viagem do presidente Jair Bolsonaro o exterior*** O ex-ministro Amir Lando esta em alta de novo. Além de ser alvo de homenagens pela sua trajetória, sua adesão pelos partidos esta disputadíssima para o pleito do ano que vem *** Enquanto não leva um pé do cacique Confucio Moura, o ex-deputado estadual Tomás Correia segue na presidência estadual do MDB***É fiel como um cão de guarda para o ex-cardeal Valdir Raupp *** Tomás é aquele personagem que tomou um pisão no pé na convenção do ano passado com a militância respondendo com bofetadas, babafá e quebra-quebra no Diretório Estadual*** Aos poucos o ex-presidente da Assembleia Legislativa Maurão de Carvalho vai voltando às lides políticas *** Mas sua principal atividade atualmente é cuidar da sua fazenda, seus bois e trabalhar como tratorista na sua propriedade*** Abandonado pelos aliados depois da derrota ao governo na eleição do ano passado só sobraram contas para pagar *** Foi um verdadeiro “El Pato” nas mãos das raposas emedebistas.

Carlos-Esperanca-Foto-Roni-Carvalho

  • Por Carlos Sperança*

*Um dos maiores colunistas político do Estado de Rondônia. Foi presidente do Sinjor. Foi assessor de comunicação do governador José Bianco entre outros. Mantém uma coluna diária no jornal Diário da Amazônia.



DEIXE SEU COMENTÁRIO
Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site CORREIO DE NOTÍCIAS DE RONDÔNIA. Todos os mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

avatar
PUBLICIDADE
×

Olá! Em que posso ajudar?

× Como posso ajudar?