sexta, 24 de maio de 2019

RONDONIENSE 2019

Técnico do Vilhenense conta estratégia de boa campanha e garante elenco completo na final do rondoniense contra Ji-Paraná

17/04/19 08:27

O comandante do “Leão” disse que mistura de atletas velhos com jovens deu bons resultados.

O técnico do Vilhenense Esportivo Clube, Tiago Batizoco, visitou a redação do Extra de Rondônia na manhã desta terça-feira, 16, para dar detalhes da preparação do time do “Portal da Amazônia” rumo ao título estadual do campeonato rondoniense.

Batizoco iniciou dizendo que o torneio desse ano foi bem disputado, e que essa nova forma de dividir em grupos trouxe competitividade entre os clubes, principalmente entre as equipes do Grupo “B”, formado por Guaporé, Ji-Paraná e Vilhenense.

Ele explicou que desde que assumiu a equipe fez um planejamento nas partidas da primeira fase, para depois pensar nas semifinais. “Desde o início eu e a minha equipe técnica nos programamos para fazer um ótimo campeonato. Porém na minha cabeça estava em chegar na final”, frisou.

ESTRATÉGIA

Tiago ressaltou que o segredo de ter chegado à final foi repassado ao time dentro do vestiário, através de conversas táticas, descontraídas, cobranças e, principalmente, dialogo motivacional, que, para ele, é o “combustível” e o diferencial para a equipe entrar em campo e fazer um bom jogo.

O comandante do “Leão” disse que uma das estratégias da equipe disputar o título foi ter mesclado atletas experientes com novos. “Foi necessário ter misturado na equipe velhos com jovens que estão sonhando em ter a oportunidade de jogar em clubes maiores. Mas é preciso que eles aprendam a respeitar os veteranos. E realmente essa engrenagem funcionou na equipe. Por isso temos grupo unido em busca do mesmo sonho e objetivo. Isto faz diferencia dentro de um clube”, pontuou.

ESCALAÇÃO

Para as partidas da final, Batizoco informou que pretender manter a mesma ideologia:  concentração elevada, sem nenhum tipo de mudança, mantendo o foco no jogo de 180 minutos para chegar ao título de campeão estadual.

Ele disse que estudou todos os detalhes para o primeiro jogo da final que ocorrerá neste sábado, 20, contra o time de Ji-Paraná, na casa do adversário, garantindo que contará com o elenco completo para a disputa.

“A primeira partida será um jogo de detalhes. Será um ‘divisor de águas’ devido ao fato que o último título do time representante de Vilhena foi em 2014 com o VEC. O torcedor vilhenense, que é apaixonado por futebol, está com saudade de comemorar mais um título e ver Vilhena disputar a Copa do Brasil no estádio ‘Portal da Amazônia’”, finalizou.

Fonte

Petter Vargas/Extra de Rondônia



Categorias: FUTEBOL


Deixe um comentário

avatar
  Se inscrever  
Notificação de