domingo, 26 de maio de 2019

No sufoco, Atlético Acreano supera o Plácido de Castro

04/02/19 10:59

A vitória sofrível sobre o Plácido de Castro na tarde e noite deste domingo (3) empurrou o Galo Carijó de volta a liderança do grupo “A” do Campeonato Acreano. O time celeste tem a mesma pontuação do Rio Branco – 06 pontos, mas a equipe apresenta melhor saldo de gols. Já o Tigre do Abunã, mesmo com a derrota, ainda é o terceiro colocado da chave “B”, com um ponto ganho.

Próximos jogos

O Atlético Acreano retorna a campo no próximo domingo (10), às 15h30, para encarar o Vasco da Gama. Por outro lado, o Plácido de Castro terá uma pausa na tabela e retorna a campo somente dia 14, às 18h, para medir forças contra o Humaitá.

O Jogo

Com o gramado completamente encharcado, o Tigre vendeu caro a derrota para o Galo. Foto/Manoel Façanha.

O jogo começou bem equilibrado, mas a primeira chance de gol saiu de uma finalização de fora da área do meia placidiano Uilian assustando o goleiro Miller.

Com mais posse de bola o Tigre do Abunã tinha menos dificuldades com a péssima qualidade do gramado, mas aos 20, Careca quase abriu o placar a favor do Galo Carijó, com a redondinha passando rente a trave esquerda de Miller.

Dois minutos depois, Cleninho foi parado com falta dentro de grande área pelo volante celeste Leandro. O árbitro Fábio Santos assinalou penalidade, mas o auxiliar Carlos Alberto, mesmo de forma demorada, chamou o árbitro e marcou impedimento no lance.

Mesmo com um banho de água fria pela não confirmação de penalidade a favor, o Tigre continuou melhor na partida e apertando o Galo, tanto que o zagueiro Diego salvou um lance em cima da linha, aos 28 minutos. Um minuto depois, o Galo Carijó apareceu no jogo numa finalização de Careca, mas o maestro celeste pegou mal na bola.

A melhor oportunidade de gol do time celeste no primeiro tempo esteve nos pés do artilheiro Diogo, mas a finalização do atacante celeste ficou na boa defesa do goleiro Bruno.

Gol solitário

Na etapa complementar o Tigre continuou pressionando o Galo e quase abriu o placar numa finalização de Leone, mas a bola, após desviar na defesa celeste, esbarrou na trave esquerda do goleiro Miller.

O Galo voltou a assustar o gol do Tigre somente aos 21 minutos, numa bola parada do atacante Falque, mas o goleiro Bruno fez ótima defesa.

Com o Tigre do Abunã melhor na partida, o técnico celeste Álvaro Miguéis fez algumas modificações na sua equipe. Marquinhos, Falque e Felipinho foram para o jogo. O primeiro quase abriu o placar num bom chute de fora da área.

Tigre respondeu aos 30 minutos, num contra-ataque puxado por Layo. O lateral invadiu a área e finalizou com perigo ao gol de Miller.

Nos acréscimos, O Galo Carijó cresceu no jogo e conseguiu abrir o placar com o zagueiro Diego, após cruzamento rasteiro de Careca para o desvio do xerife.

(Fonte-Foto: Manoel Façanha/Futebol do Norte)



Categorias: Sem categoria


Deixe um comentário

avatar
  Se inscrever  
Notificação de