segunda, 24 de junho de 2019

SABOR UNICO

Conheça os cinco melhores cortes de suínos para preparar churrasco

05/04/19 07:16

Ao contrário do que muitos imaginam, a carne suína é saudável e ainda conta com sabor único. De acordo com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa, a carne suína é a proteína mais consumida em todo o mundo, sendo o Brasil o quarto maior produtor e exportador do alimento: são produzidas aproximadamente 3,76 milhões de toneladas anualmente.

Saudável

O especialista em churrasco e consultor da Alegra, Chef Dobis, explica que esse tipo de carne, assim como as outras, pode ser grelhada, cozida e assada, com uma diferença: é mais saudável. “Dependendo do corte, a carne suína chega a ter menos colesterol e gordura que o frango, por exemplo”, conta Dobis.

Churrasco

Uma das formas de degustar uma boa carne de suíno é no churrasco. Popular desde a década de 70, a prática é unanimemente uma paixão nacional, que reúne familiares e amigos em qualquer lugar. “O churrasco com a carne de suíno ainda é menos comum entre os brasileiros, mas aos poucos está se tornando mais popular”, comenta o Chef.

Nutrientes

A proteína é rica em fósforo, potássio, vitaminas B6 e B12, entre outros nutrientes. “Hoje, podemos afirmar que o aproveitamento da carne suína é de 100%. O segredo é escolher uma que seja certificada e que dê a garantia de que é de procedência, para não ter problemas”, alerta.

Cortes

Confira cinco cortes selecionados pelo especialista:

  1. Filé Mignon: macia e saborosa, essa parte é derivada do lombo suíno e pode ser encontrada em cortes como bife, medalhão e escalope – pedaço desossado. É possível encontrar a peça já preparada, como o Filé Mignon Suíno Temperado Alegra, feito com alho, cebola, alecrim, pimenta branca, páprica, salsa e cebolinha, pronto para o churrasco.
  2. Costela: quem resiste a uma saborosa costela? Essa peça é a que faz o maior sucesso entre os consumidores e é também a que contém mais gordura. O preparo exige atenção (e tempo) para manter a suculência, podendo ser marinada ou feita com diferentes temperos e assada em fogo lento.
  3. Lombo: também chamado de lombinho, esta peça é equivalente ao contra-filé bovino e é considerado um corte leve. Ele completa os pratos das refeições do dia a dia e, claro, é um corte que não pode faltar no churrasco do fim de semana. O preparado dessa parte da carne suína merece atenção: por ser mais delicado, é preciso ter cuidado para que não fique ressecado.
  4. Picanha: pode ser temperada de várias formas, conforme preferência. É uma das peças mais saborosas, chamada de sub-corte da alcatra. Também temperada com especiarias naturais, a Picanha Suína Temperada Alegra é uma opção prática para grelhar na churrasqueira.
  5. Maminha: retirada do pernil suíno, a maminha combina com vários pratos e acompanhamentos. Pode ser preparada como bife e grelhada na churrasqueira. Assim como a costela, contém grande quantidade de gordura, por isso, é suculenta, saborosa e macia. A dica é cortar em fatias sempre contra as fibras da carne.

Sobre a Alegra

A fabricante de alimentos Alegra é a união das cooperativas de origem holandesa, Frísia, Castrolanda e Capal, que constituem o grupo Unium. Uma empresa que combina condições de trabalho ideais aliando tecnologia, equipamentos de última geração, preocupação com o bem-estar dos animais e sustentabilidade em seu parque industrial, sempre primando pela excelência em seu produto final, que utiliza as melhores carnes suínas. Em 2017, a marca conquistou o reconhecimento internacional quanto às Práticas de Bem-estar Animal no abate, tornando-se a primeira planta brasileira a receber essa certificação em bem-estar suíno, pela WQS. Mais informações em www.alegrafoods.com.br.

os cinco melhores cortes de suínos para preparar churrasco

Ao contrário do que muitos imaginam, a carne suína é saudável e ainda conta com sabor único. De acordo com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa, a carne suína é a proteína mais consumida em todo o mundo, sendo o Brasil o quarto maior produtor e exportador do alimento: são produzidas aproximadamente 3,76 milhões de toneladas anualmente.

Saudável

O especialista em churrasco e consultor da Alegra, Chef Dobis, explica que esse tipo de carne, assim como as outras, pode ser grelhada, cozida e assada, com uma diferença: é mais saudável. “Dependendo do corte, a carne suína chega a ter menos colesterol e gordura que o frango, por exemplo”, conta Dobis.

Churrasco

Uma das formas de degustar uma boa carne de suíno é no churrasco. Popular desde a década de 70, a prática é unanimemente uma paixão nacional, que reúne familiares e amigos em qualquer lugar. “O churrasco com a carne de suíno ainda é menos comum entre os brasileiros, mas aos poucos está se tornando mais popular”, comenta o Chef.

Nutrientes

A proteína é rica em fósforo, potássio, vitaminas B6 e B12, entre outros nutrientes. “Hoje, podemos afirmar que o aproveitamento da carne suína é de 100%. O segredo é escolher uma que seja certificada e que dê a garantia de que é de procedência, para não ter problemas”, alerta.

Cortes

Confira cinco cortes selecionados pelo especialista:

  1. Filé Mignon: macia e saborosa, essa parte é derivada do lombo suíno e pode ser encontrada em cortes como bife, medalhão e escalope – pedaço desossado. É possível encontrar a peça já preparada, como o Filé Mignon Suíno Temperado Alegra, feito com alho, cebola, alecrim, pimenta branca, páprica, salsa e cebolinha, pronto para o churrasco.
  2. Costela: quem resiste a uma saborosa costela? Essa peça é a que faz o maior sucesso entre os consumidores e é também a que contém mais gordura. O preparo exige atenção (e tempo) para manter a suculência, podendo ser marinada ou feita com diferentes temperos e assada em fogo lento.
  3. Lombo: também chamado de lombinho, esta peça é equivalente ao contra-filé bovino e é considerado um corte leve. Ele completa os pratos das refeições do dia a dia e, claro, é um corte que não pode faltar no churrasco do fim de semana. O preparado dessa parte da carne suína merece atenção: por ser mais delicado, é preciso ter cuidado para que não fique ressecado.
  4. Picanha: pode ser temperada de várias formas, conforme preferência. É uma das peças mais saborosas, chamada de sub-corte da alcatra. Também temperada com especiarias naturais, a Picanha Suína Temperada Alegra é uma opção prática para grelhar na churrasqueira.
  5. Maminha: retirada do pernil suíno, a maminha combina com vários pratos e acompanhamentos. Pode ser preparada como bife e grelhada na churrasqueira. Assim como a costela, contém grande quantidade de gordura, por isso, é suculenta, saborosa e macia. A dica é cortar em fatias sempre contra as fibras da carne.

Sobre a Alegra

A fabricante de alimentos Alegra é a união das cooperativas de origem holandesa, Frísia, Castrolanda e Capal, que constituem o grupo Unium. Uma empresa que combina condições de trabalho ideais aliando tecnologia, equipamentos de última geração, preocupação com o bem-estar dos animais e sustentabilidade em seu parque industrial, sempre primando pela excelência em seu produto final, que utiliza as melhores carnes suínas. Em 2017, a marca conquistou o reconhecimento internacional quanto às Práticas de Bem-estar Animal no abate, tornando-se a primeira planta brasileira a receber essa certificação em bem-estar suíno, pela WQS.

Fonte

Imprensa Alegra / Informe Paraná Cooperativo



Categorias: Sem categoria


Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of