O Órgão de Apelação da Organização Mundial do Comércio (OMC) decidiu nesta quinta-feira que os Estados Unidos deram subsídios contrários à legislação internacional para a Boeing, em uma ação apresentada pela União Europeia (UE) e a Airbus.

A OMC concluiu que os EUA continuaram concedendo diversos auxílios e subsídios a Boeing apesar de o órgão ter considerado em 2012 que esse tipo de medida tinha distorcido o mercado, prejudicando gravemente as vendas da Airbus no mundo todo.