quarta, 20 de novembro de 2019

polícia

Mulher foi morta por agente penitenciário com tiros de pistola 45 no rosto e cabeça

14/10/19 17:51

Os corpos do casal foram velados nesta segunda-feira em locais distintos na capital

Porto Velho, RO – A funcionária de uma concessionária de veículos em Porto Velho, Geise Nonato, de 28 anos, foi morta na tarde de domingo com dois tiros de pistola – um no rosto e um na cabeça – mas seu executor, o agente penitenciário Anderson Borges, de 34 anos, disparou quatro vezes contra ela usando sua pistola calibre 45. Segundo a polícia, dois disparos atingiram a parede do apartamento localizado numa vila no bairro Tancredo Neves, na zona leste da capital, onde ocorreu o crime.

Após matar a mulher, com quem mantinha um relacionamento conturbado, marcado por idas e vindas, brigas constantes, reconciliações seguidas de novas separações, o funcionário público se matou no mesmo local com um tiro de pistola na cabeça.

A polícia encontrou os corpos no apartamento após ser acionada por vizinhos, que ouviram a discussão do casal e os tiros.

Policiais da Delegacia de Homicídios recolheram a arma e três aparelhos celulares, dos quais dois pertenciam à Geise Nonato. O outro era de propriedade do agente.

Segundo policiais que investigam a tragédia, a execução de Geise seguida do suicídio de Anderson pode ter sido motivada por mensagens de WhatsApp que o agente teria visto no celular da mulher.

Nos últimos meses pelo menos cinco casos de crimes passionais – que resultaram também em suicídio – foram registrados em Porto Velho.

Fonte

Tudorondonia



Categorias: GERAL


DEIXE SEU COMENTÁRIO
Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site CORREIO DE NOTÍCIAS DE RONDÔNIA. Todos os mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

avatar
×

Olá! Em que posso ajudar?

× Como posso ajudar?