sexta, 18 de outubro de 2019

ESPORTE

Sueca Lilie Persson será auxiliar técnica da Seleção Brasileira Feminina

19/09/19 18:10

Com Pia Sundhage, Lilie reeditará dupla vitoriosa no futebol feminino. Elas estiveram juntas na conquista da medalha de prata com a Suécia no Rio 2016

A sueca Lilie Persson será a nova auxiliar-técnica de Pia Sundhage na Seleção Brasileira Feminina. Visando os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, elas voltam a  formar a parceria de sucesso que levou a Suécia à conquista da medalha de prata nos Jogos Rio 2016. Desta vez, estarão à frente da equipe do Brasil, contando ainda com Beatriz Vaz como assistente.

Lilie tem uma trajetória longa e de grande destaque no desenvolvimento do futebol feminino. Estava há 14 anos trabalhando na Federação Sueca de Futebol, onde desempenhou diversas funções ligadas às seleções nacionais. Antes de convidada pela CBF, estava atuando como  Coordenadora Técnica de Futebol Feminino de Base.

– Lilie é a pessoa ideal para intregrar a comissão técnica da Seleção Brasileira Feminina. Há anos trabalhamos juntas e a conheço muito bem. É uma técnica muito inteligente, tem grande conhecimento de futebol e experiência no cenário internacional. Ela irá agregar muito – destaca Pia Sundhage.

Com grande bagagem no futebol feminino, Lilie Persson terá a missão de acompanhar as jogadoras brasileiras ao redor do mundo. Caberá a ela ver in loco as partidas das atletas que atuam no exterior, a fim de fazer os relatórios que darão os subsídios necessários ao trabalho de Pia.

Sobre Lilie Persson:
Sueca de 53 anos, Lilie trabalhou ao longo de toda a carreira no futebol sueco.

Atuou como meio-campista com passagens pelo Jitex BK e Hammarby IF. Foram 17 anos como atleta profissional, até encerrar a carreira como jogadora em 1996.

Após a aposentadoria dos gramados, Lilie atuou como treinadora e auxiliar-técnica de equipes do futebol sueco. Desde 2005, estava na Federação Sueca de Futebol, onde desempenhou diversas funções ligadas às seleções nacionais.

Enquanto Pia Sundhage esteve à frente da equipe nacional, Lilie trabalhou como auxiliar-técnica. Juntas disputaram a Olimpíada Rio 2016, a Copa do Mundo do Canadá 2015, e dois Campeonatos Europeus de Futebol Feminino. A parceria na equipe profissional durou cinco anos.

Recentemente, Lilie desempenhava a função de Coordenadora Técnica das Seleções Suecas Femininas de Base.



Categorias: ESPORTE


DEIXE SEU COMENTÁRIO
Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site CORREIO DE NOTÍCIAS DE RONDÔNIA. Todos os mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

avatar
×

Olá! Em que posso ajudar?

× Como posso ajudar?