sexta, 18 de outubro de 2019

Correioleaks

O canal de denúncias do jornal Correio de Notícias

30/08/19 16:18

O jornal Correio de Notícias de Rondônia criou um canal exclusivo para leitores que desejam fazer denúncias e sugerir investigações jornalísticas. O “wikileaks” do Correio chama-se, evidentemente, “CorreioLeaks”, veja como é fácil é só clicar:

Esta edição informa que o sistema aceita textos e arquivos de vídeo, fotografia e áudio. Os denunciantes podem se identificar e/ou NÃO, com nome, endereço e e-mail.

Porém, também podem escolher a identificação ou o anonimato, que, segundo esclarece o jornal, é assegurado pela Constituição quando necessário para garantir o direito à informação.

O preenchimento dos dados é rápido e fácil, assim como o sistema para anexar arquivos. Não há promessa de remuneração, mesmo que a colaboração resulte em uma série de reportagens.

Ferramenta útil

Segundo o Editor-Executivo do Jornal, Edilson Neves, “o Correioleaks foi criado para ampliar o acesso da sociedade a informações relevantes, estreitando ainda mais a relação dos leitores com a produção de Reportagens de interesse público”.

Na manhã de segunda-feira (26) já havia mais de 15 denúncias cadastradas, o que indica o volume potencial de pautas sugeridas até o momento.

Temas do leitor

A rigor, a iniciativa do Jornal Correio de Notícia trata de inovar e estimular um Canal que a maioria dos jornais já possui para interagir com os leitores. O Jornal O Povo, por exemplo, tem um Conselho de Leitores, que indica pautas e acompanha seu desenvolvimento – o que inclui não apenas denúncias, mas também, indicações de outros assuntos de interesse comunitário, induzindo à produção de vazamentos, pelo Correioleaks.

Veja como é fácil 

Essa iniciativa inspira, também, os funcionários de órgãos públicos campeões de denúncias, a contribuírem para a correção de desvios, que, afinal, deve ser o objetivo principal dos denunciantes.

Também é preciso levar em conta que, como o leitor comum não costuma ter acesso a grandes esquemas, o que deve proliferar no Correioleaks serão casos menores, que, no entanto, se observados em conjunto, podem estimular investigações importantes.

É de se esperar que impere a responsabilidade jornalística, em garantir o sigilo absoluto de investigações oficiais importantes em andamento.

No ambiente de desconfiança criado pelo intenso noticiário sobre corrupção e com a atual sucessão de denúncias contra agentes do governo, evidentemente o Correioleaks vai servir, essencialmente, para a captação de indícios que podem e/ou não virarem reportagem – segundo os mesmos critérios utilizados, até aqui, por esse veículo.



Categorias: GERAL


DEIXE SEU COMENTÁRIO
Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site CORREIO DE NOTÍCIAS DE RONDÔNIA. Todos os mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

avatar
×

Olá! Em que posso ajudar?

× Como posso ajudar?