terça, 20 de agosto de 2019

ZFM

Demandas empresariais são apresentadas durante visitas a indústrias do Distrito

15/07/19 22:48

Em recentes visitas às empresas Visteon Amazonas Ltda e Flex Industries, uma comitiva da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) – formada pelo superintendente Alfredo Menezes, superintendentes adjuntos e técnicos da Autarquia – buscou conhecer melhor as demandas das empresas incentivadas do Polo Industrial de Manaus (PIM) e estreitar relacionamento com os dirigentes industriais, além de aprofundar o entendimento acerca dos processos produtivos realizados nas plantas fabris do Distrito Industrial de Manaus. 
Na Visteon, empresa que fabrica, dentre outros, módulos para veículos automotivos, foram debatidos sobre os investimentos em modernização industrial. “Devemos superar os seis milhões de dólares em investimentos em 2019”, afirmou o gerente de controladoria, Emanuel Bortolini. Ele acrescentou, ainda, que a visita foi oportuna para demonstrar as novas tecnologias propostas para serem implementadas na empresa, bem como os investimentos em capacitação de mão de obra e as ações sociais desenvolvidas em prol da região. 
Bortolini destacou a relevância de se aumentar a integração com a gestão e os servidores da Suframa. “Todos visam ao crescimento e ao desenvolvimento do Amazonas e da região e isso é fundamental para renovar a esperança e coragem dos empresários”, pontuou. 

Fotos: Divulgação

Já na Flex Industries, a equipe da Suframa conheceu a estrutura da fábrica e os novos produtos desenvolvidos desde sua concepção até a conclusão do processo industrial, que envolvem a produção de componentes semiacabados e placas de circuito impresso, dentre outros. 
Durante a visita, foram tratados de temas que visam a fomentar a atividade fabril no PIM. “Nossos principais clientes encontram-se nas regiões Sul e Sudeste do País e buscamos sempre garantir a competitividade industrial para manter nossos níveis produtivos e superar entraves. Hoje temos processos focados na Indústria 4.0, que permite que os clientes possam acompanhar à distância todo o processo fabril e isso mostra a competência da indústria local”, destacou o gerente jurídico da empresa, Thyago Alves. 
 
Para o superintendente da Suframa, Alfredo Menezes, “toda atividade praticada na Zona Franca de Manaus é essencial para o que se propõe para esta atual realidade do País, que é fomentar as atividades que se refletem em oportunidades, tanto de geração de empregos quanto de renda. O foco é trabalhar atentos às demandas de todos os segmentos aliadas às necessidades do mercado consumidor e da sociedade. E a Zona Franca de Manaus tem esse viés, de colaborar com os índices socioeconômicos e beneficiar todo o País”.

Fonte

Assessoria



Categorias: GERAL


DEIXE SEU COMENTÁRIO
Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site CORREIO DE NOTÍCIAS DE RONDÔNIA. Todos os mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

avatar
×

Olá!

Em que posso ajudar?

× Como posso ajudar?