segunda, 21 de outubro de 2019

SAÚDE

Estudo americano indica que ondas de celulares causam câncer em ratos

13/06/19 16:42

A exposição prolongada ao celular pode causar tumores em ratos, conforme estudo americano divulgado pelo Programa Nacional de Toxicologia.

Um estudo americano, que iniciou há dez anos, mostrou fortes evidências de que a exposição prolongada de ratos ao celular pode estar relacionada a tumores nos animais. O relatório foi apresentado pelo Programa Nacional de Toxicologia, uma agência ligada ao Departamento de Saúde dos Estados Unidos.

Vale salientar que esses animais são feitos de cobaia em estudos sobre causas e consequências em seres humanos.

Aparelhos celulares podem apresentar um perigo potencial

Os smartphones estão cada vez mais comuns, inclusive, entre crianças. Porém, o fato de que os celulares utilizam a radiofrequência como forma de conexão à internet, esses aparelhos passam a emitir ondas eletromagnéticas.

A ciência, por sua vez, se preocupa em estudar a vários anos o potencial perigo que elas representam à saúde. Com o relatório que foi, recentemente, apresentado pelo Programa Nacional de Toxicologia, aumentou ainda mais esse interesse, já que este identificou que a exposição prolongada de camundongos e ratos à frequência 2G e 3G, foi tida como sendo responsável pelos tumores nos mesmos.

Sobre o estudo

O estudo foi encomendado pela FDA, agência federal americana responsável em avaliar e autorizar o uso de medicamentos e os efeitos de substâncias novas. Foram dez anos para obter resultados, um tempo que incluiu diversas análises.

De acordo com John Bucher, cientista americano e está entre os responsáveis pelo estudo, os ratos foram expostos constantemente à radiofrequência, ainda no útero. Após, eram colocados em um compartimento fechado, com a distribuição de ondas de forma aleatória.

Vale saber que, durante a análise, os ratos eram expostos às ondas por dez minutos, descansando outros dez. Esses testes foram realizados por 15h diárias, dando um total de 8h por dia de exposição.

Como os resultados apresentados foram de cânceres nesses animais, cada vez mais se indica um uso menos frequente dos aparelhos aos seres humanos. Embora esse estudo não possa ser comparado, ainda, em humanos, é importante entender que a exposição dos ratos a altos níveis de radiação resultou nos tumores.

Uso frequente de celular preocupa cientistas

Como já mencionado, os cientistas estão buscando cada vez mais constatar a ligação do uso excessivo de smartphones com tumores no cérebro, como resultado apontado pelo estudo em ratos.

A exposição aos smartphones, especialmente por adolescente, é algo preocupante, especialmente pelo fato de que pode levar anos para ser provada a ligação, o que afeta a falta de algum tipo de regulamentação.

É fato que cada vez mais as pessoas adotam hábitos nada saudáveis, como dormir com o aparelho celular rente ao travesseiro, expondo assim, o cérebro às ondas pela noite toda. E, no caso dos adolescentes, o corpo ainda está em constante desenvolvimento, o que o torna mais suscetível a agressões externas, aponta o pesquisador.

Embora as causas não sejam totalmente conhecidas, o INCA (Instituto Nacional de Câncer), estima cerca de 11.320 novos casos de tumores cerebrais/sistema nervoso central, entre cada ano do biênio 2018/2019.

Muito se diz que manter boa alimentação contribui com a prevenção de vários tipos de cânceres, mas também devemos considerar afastar de determinados fatores, como o uso de smartphones de forma excessiva.

Diversos estudos estão sendo realizados na Europa sobre o assunto. Vários cientistas recomendam desligar o aparelho na hora de dormir. Embora não se tenha comprovação científica de que essa exposição seja responsável pelos tumores em humanos, se precaver ainda é o melhor a se fazer.

Fonte

Instituto Oncoguia e FDA. Por: Andreia Silveira, do site PlanodeSaudeNota10.



Categorias: SAÚDE


DEIXE SEU COMENTÁRIO
Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site CORREIO DE NOTÍCIAS DE RONDÔNIA. Todos os mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

avatar
×

Olá! Em que posso ajudar?

× Como posso ajudar?