segunda, 21 de outubro de 2019

Com família pobre

Corpo de idoso passa mais de 24 horas em policlínica aguardando remoção

21/05/19 09:55

O corpo de um idoso de aproximadamente 60 anos, passou mais de 24 horas em uma sala da Policlínica Ana Adelaide, em Porto Velho, depois de constatado óbito. A situação gerou desconforto entre pacientes e servidores devido ao odor do corpo em início de decomposição.

Segundo a reportagem apurou com servidores, a vítima chegou na policlínica em um carro particular levada por amigos, na noite de domingo (19), pois estava passando mal. Momentos depois ele teve um infarto e acabou morrendo. Como não havia nenhum familiar no local, a equipe médica comunicou à Central de Óbitos a morte do paciente e informou a uma funerária de plantão para que realizasse a remoção. A funerária não demonstrou interesse e o corpo permaneceu no local.

A família da vítima é de outro Estado e por não ter condições de realizar enterro particular, o serviço foi repassado para a assistência social que fez todos os trâmites pelo CREAS- Centro de Referência Especializado de Assistência Social, para providenciar os trâmites legais.

A Central de Óbitos foi novamente acionada durante a segunda-feira e comunicou que a documentação de remoção já havia sido repassada para a funerária de plantão, mas até a madrugada desta terça-feira o corpo ainda permanecia na policlínica.

Fonte

https://www.rondoniagora.com/geral/com-familia-pobre-corpo-de-idoso-passa-mais-de-24-horas-em-policlinica-aguardando-remocao



Categorias: GERAL


DEIXE SEU COMENTÁRIO
Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site CORREIO DE NOTÍCIAS DE RONDÔNIA. Todos os mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

avatar
×

Olá! Em que posso ajudar?

× Como posso ajudar?